Cód: 183610 MS: 1018104330013

Cetoconazol 200mg c/ 10 Comprimidos - Medley - Genérico

Princípio Ativo

Cetoconazol

Visualizar Bula do medicamento
Preço válido para compras feitas pela internet. Imagem meramente ilustrativa. Cetoconazol 200mg c/ 10 Comprimidos - Medley - Genérico é um medicamento. Seu uso pode trazer riscos. Procure o médico e o farmacêutico. Leia a bula.
Selecione a Quantidade:
Quantidade
R$ 28,27 R$ 14,98
+ -
Comprar

Para a visualizar a bula do medicamento é necessário o programa ADOBE ACROBAT READER. Faça o download da bula o link ao lado:

Visualizar Arquivo

Se você não possui ADOBE ACROBAT READER, clique aqui para fazer o download

cetoconazol . Indicações: infecções causadas por fungos ou leveduras, nos casos em que o tratamento tópico é difícil ou não apresenta boa eficácia. Infecções da boca e do trato gastrintestinal por leveduras. Formas clínicas agudas, crônicas, recidivantes de candidíase vaginal. Infecções micóticas sistêmicas, incluindo tratamento de manutenção, para se evitar recidivas. Tratamento profilático de pacientes com diminuição dos mecanismos de defesa, envolvendo um aumento de risco de infecções micóticas. Contraindicações: pacientes com patologia hepática aguda ou crônica e hipersensibilidade conhecida à droga. Precauções e Advertências: Possível aumento assintomático de transaminases ou fosfatase alcalina. Observar se existem eventuais queixas de patologia hepática e fatores que podem aumentar o risco de hepatite e, se necessário, descontinuar o tratamento. Fazer intervalo de um mês entre terapia com cetoconazol e griseofulvina. Com doses iguais ou superiores a 400 mg, o cetoconazol pode reduzir a resposta de cortisol à estimulação por ACTH. Este medicamento não deve ser tomado durante a gravidez e durante o período de amamentação. Interações Medicamentosas: bebidas alcoólicas, medicamentos que neutralizam o ácido do estômago, terfenadina, astemizol, mizolastina, halofantrina, levacetilmetadol, cisaprida, domperidona, sinvastatina, levostatina, midazolam, triazolam, pimozida, sertindol, quinidina, disopiramida, dofetilida, bepridil, elerenona, nisoldipino, ergotamina, diidroergotamina, ergometrina (ergonovina), metilergometrina (metilergonovina), rifampicina, rifabutina, isoniazida, carbamazepina, fenitoína, digoxina, verapamil, metilprednisolona, budesonida, dexametasona, ciclosporina A, tacrolimo, rapamicina (sirolimo), certos inibidores da protease do HIV, nevirapina, certos medicamentos usados para o tratamento do câncer, buspirona, alprazolam, brotizolam, sildenafil, trimetrexato, ebastina, atorvastatina, reboxetina, fentanila, alfentanila, cilostazol, eletriptano, repaglinida, tolterodina. Reações Adversas: dispepsia, náusea, cólica e diarréia, cefaleia, aumentos reversíveis de enzimas hepáticas, distúrbios menstruais, tonturas, fotofobia, parestesia, reações alérgicas. Posologia: Adultos: candidíase vaginal: dois comprimidos (400 mg) em uma única tomada diária, durante 5 dias. Todas as outras indicações: um comprimido (200 mg) ao dia. Em infecções muito graves, ou quando a resposta clínica for insuficiente, a dose pode ser aumentada para 2 comprimidos (400 mg), uma vez ao dia. Crianças: doses de acordo com o peso corpóreo: Até 20 kg - 1/4 de comprimido (50 mg) uma vez ao dia. De 20 a 40 kg - 1/2 comprimido (100 mg) uma vez ao dia. Acima de 40 kg - 1 comprimido (200 mg) uma vez ao dia. Duração do tratamento: até uma semana após o desaparecimento completo dos sintomas ou a negativação de todas as culturas. USO ADULTO OU PEDIÁTRICO. Registro no MS: 1.0181.0433. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. Material destinado aos profissionais de saúde habilitados a prescrever ou dispensar medicamentos. Medicamento Genérico – Lei 9.787/99.