Cód: 026042 MS: 1050400100017

Imescard Pílulas Com 36 Comprimidos

Princípio Ativo

Aloína+Beladona+Erva de Bicho

Visualizar Bula do medicamento
Preço válido para compras feitas pela internet. Imagem meramente ilustrativa.
Selecione a Quantidade:
Quantidade
R$ 15,61 R$ 12,18
+ -
Comprar

Para a visualizar a bula do medicamento é necessário o programa ADOBE ACROBAT READER. Faça o download da bula o link ao lado:

Visualizar Arquivo

Se você não possui ADOBE ACROBAT READER, clique aqui para fazer o download

Bula

PÍLULAS DE ERVA-DE-BICHO COMPOSTAS IMESCARD ®

Aloína - D.C.B.: 0030.01-5

Atropa belladona

Cephaelis ipecacuanha

Polygonum antihoemorrhoidale

Forma Farmacêutica e de Apresentação:

Drágea - Blister de alumínio/PVC contendo 36 drágeas - Cartucho com 01 blister.

USO ADULTO

Fórmula de Composição:

Cada drágea contém:

Aloína .......................................................................................................... 10 mg

Beladona (Atropa belladona) folhas em pó ................................................. 10 mg

Extrato seco de Erva-de-bicho (Polygonum antihoemorrhoidale) .............. 30 mg

Ipecacuanha (Cephaelis ipecacuanha) raiz em pó ....................................... 10 mg

Excipiente ............. q.s.p. ............................................................................. 1 drágea

Excipientes: amido, lactose, polividona, silicato de magnésio, breu K vivo, caulim, cera de abelha, cera de carnaúba, corante eritrosina, goma arábica em pó, goma laca, óleo de rícino, sacarose e metilparabeno.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE:

O medicamento possui ação no tratamento da prisão de ventre e como auxiliar no tratamento das hemorróidas.

Cuidado de conservação: conservar o produto à temperatura ambiente, em local seco e protegido da luz.

Prazo de validade: 60 meses. Ao comprar qualquer medicamento, verifique o prazo de validade. Não use nenhum remédio fora do prazo de validade; além de não obter o efeito desejado, você estará prejudicando a sua saúde.

Gravidez e lactação: recomenda-se não usar as Pílulas Imescard durante a gravidez e lactação.

INFORME AO SEU MÉDICO A OCORRÊNCIA DE GRAVIDEZ NA VIGÊNCIA DO TRATAMENTO OU APÓS O SEU TÉRMINO. Informe também se está amamentando, pois os lactantes são muito sensíveis aos efeitos anticolinérgicos produzidos pela Beladona.

Cuidados de administração: siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Informe ao seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, tais como reações alérgicas, náuseas, vômitos, sede, sensação de boca, garganta, pele e nariz secos.

Uso não recomendado a crianças e cuidados especiais devem ser tomados com idosos que podem apresentar maior sensibilidade ao produto.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SUA SAÚDE.

ESTE MEDICAMENTO, COMO OUTRO QUALQUER, DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DE CRIANÇAS.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS:

Modo de Ação:

A Erva-de-bicho (Polygonum antihoemorrhoidale) devido à presença de taninos em sua composição possui ação sobre o ingurgitamento hemorroidal. A Beladona é outro fármaco vegetal usado nos espasmos intestinais, devido à ação dos princípios anticolinérgicos. A ação do produto como anticonstipante encontra-se na presença da Aloína que possui propriedades estimulantes dos movimentos peristálticos, favorecendo a função intestinal. A Ipecacuanha favorece a secreção dos sucos digestivos e os movimentos peristálticos no tubo gastrintestinal.

INDICAÇÕES:

No tratamento da prisão de ventre e como auxiliar no tratamento das hemorróidas.

CONTRA-INDICAÇÕES:

É contra-indicado em pacientes com conhecida hipersensibilidade à droga e seus componentes.

A hiosciamina (presente na Beladona) contra-indica o uso do produto em presença de glaucoma de ângulo fechado, hipertrofia prostática, íleo paralítico e estenose pilórica . Como medida especial de precaução, deve-se evitar o emprego durante a gravidez e lactação, quando presente congestão uterina grave, nas metrorragias e nas menstruações muito abundantes. É contra-indicado o uso em crianças.

PRECAUÇÕES E ADVERTÊNCIAS:

O uso das preparações contendo hiosciamina deve ser cauteloso em pacientes idosos ou febris e naqueles portadores de glaucoma de ângulo fechado ou condições caracterizadas por taquicardia, tais como tireotoxicoses, insuficiência renal ou cardíaca.

O uso prolongado pode diminuir o fluxo salivar, contribuindo para o desenvolvimento de cáries, doenças periodontais e candidíase oral.

Não recomenda-se o uso do produto durante a gravidez e lactação.

INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS:

Os efeitos anticolinérgicos da hiosciamina podem ser intensificados pela administração concomitante de amantadina, certos anti-histamínicos, antidepressivos tricíclicos, butirofenonas e fenotiazinas. Além disso, a hiosciamina aumenta a absorção de determinadas drogas, tais como a Digoxina, que necessitam de dissolução prolongada na luz intestinal.

INTERAÇÕES NO DIAGNÓSTICO:

O teste de secreção de ácido-gástrico realizado com pentagastrina ou com histamina para a avaliação da função gástrica sofre interferência devido aos efeitos antagonistas dos anticolinégicos (presentes na Beladona); recomenda-se não administrar as Pílulas Imescard 24 horas antes da realização do teste.

REAÇÕES ADVERSAS/COLATERAIS:

Os efeitos colaterais decorrentes da hiosciamina incluem secura na boca, sede, midríase, cicloplegia, fotofobia, aumento da pressão intraocular, rubor e secura da pele, bradicardia seguida de taquicardia com palpitação e arritmias, disúria, redução da motilidade gastrintestinal, vômitos e tonturas.

A Aloína pode causar irritação renal.

POSOLOGIA:

Tomar 03 drágeas ao dia, quando houver prisão de ventre: 01 drágea pela manhã, 01 drágea durante o dia; 01 drágea à noite. Após a regularização da função intestinal, tomar 01 drágea à noite, diariamente. Para efeito purgativo, tomar 02 drágeas, de uma só vez, à noite.

CONDUTA NA SUPERDOSAGEM:

Em casos de ingestão excessiva de preparados contendo Beladona, deve-se esvaziar o estômago por aspiração e lavagem. O emprego de carvão para prevenir a absorção, seguido de lavagem, tem sido recomendado. Purgativos salinos, tais como 30 g de sulfato de sódio em 250 ml de água, podem ser utilizados para estimular o peristaltismo. Estados de excitação podem ser controlado com o uso de Diazepam ou barbituratos de ação rápida.

PACIENTES IDOSOS:

Observar as reações adversas, contra-indicações e advertências e só fazer uso do medicamento com bastante cautela e sob orientação médica.

Número de Lote, Data de Fabricação e Prazo de Validade: vide blister e cartucho.

Reg. MS N.º 1.0504.0010

Farm. Resp.: Jomar Costa Rodrigues - CRFMG 6246

LABORATÓRIOS OSÓRIO DE MORAES LTDA.

Av. Cardeal Eugênio Pacelli, n.º 2281 - CEP.: 32.210-001

Cidade Industrial - Contagem - MG - Caixa Postal 288

CNPJ: 19.791.813/0001-75

Indústria Brasileira

Atendimento ao Consumidor: 0800-310844

Fax: (31) 361-8045