Cód: 002127 MS: 1014700310029

Lerin Colírio Com 24ml

Princípio Ativo

Cloridrato de Nafazolina+Fenolsulfonato de Zinco

Visualizar Bula do medicamento
Preço válido para compras feitas pela internet. Imagem meramente ilustrativa.
Selecione a Quantidade:
Quantidade
R$ 13,55 R$ 10,57
+ -
Comprar

LERIN COLÍRIO COM 24ML É UM MEDICAMENTO, SEU USO PODE TRAZER RISCOS. PROCURE O MÉDICO E O FARMACÉUTICO. LEIA A BULA.

Para a visualizar a bula do medicamento é necessário o programa ADOBE ACROBAT READER. Faça o download da bula o link ao lado:

Visualizar Arquivo

Se você não possui ADOBE ACROBAT READER, clique aqui para fazer o download

Bula

LERIN®

colírio

Cloridrato de Nafazolina

Fenolsulfonato de zinco

Sulfato de berberina

SOLUÇÃO OFTÁLMICA ESTÉRIL

USO ADULTO

APRESENTAÇÃO: frascos plásticos conta-gotas, contendo 24 ml de solução estéril

COMPOSIÇÃO: Cada ml contém 1,0 mg de fenolsulfonato de zinco; 0,5 mg de cloridrato de nafazolina; 0,025 mg de sulfato de berberina; clorobutanol e tiomersal como preservativos e veículo q.s.p.

INFORMAÇÃO AO PACIENTE

Cuidados de Armazenamento

Lerin deve ser armazenado ao abrigo da luz e calor. Após a abertura do frasco, não tocar a ponta do mesmo a fim de evitar contaminações. Fechar o frasco imediatamente após o uso.

Prazo de Validade: Lerin apresenta prazo de validade de 36 meses e não deve ser utilizado após a data de vencimento.

Gravidez: informar ao médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento ou após o seu término.

Cuidados de Administração: instilar a dose recomendada, no saco conjuntival, evitando tocar a ponta do frasco nos tecidos oculares.

Reações Desagradáveis: informar ao médico reações desagradáveis que possam ocorrer após a instilação.

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Contra Indicações: contra-indicado para os pacientes com hipersensibilidade aos componentes da fórmula.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO. PODE SER PERIGOSO PARA SUA SAÚDE.

INFORMAÇÃO TÉCNICA

Farmacologia clínica: Lerin representa uma medicação de interesse oftalmológico nas hiperemias conjuntivais provocadas por irritantes locais: corpos estranhos, poeiras, vento, fumo, exposição à luz intensa e na congestão que acompanha a coriza aguda.

Lerin encerra a associação de 3 substâncias de real interesse no setor oftalmológico.

O Fenolsulfonato de Zinco vem substituir o Sulfato de Zinco em oftalmologia, porque usado em concentração menor de 0,25%, equivale a 2% do Sulfato de Zinco. Possui melhor tolerância, não irritando a mucosa ocular, porque é usado em concentração inferior ao Sulfato de Zinco.

O Cloridrato de Nafazolina hoje é largamente empregado em oftalmologia devido a sua ação vasoconstritora. O Sulfato de Berberina - alcalóide de Berberis vulgaris, cuja ação sedativa e descongestionante é sempre relembrada no setor oftalmológico.

Indicações: medicação auxiliar no tratamento das conjuntivites.

Contra-indicações: hipersensibilidade aos componentes da fórmula, glaucoma de ângulo estreito ou predisposição ao mesmo.

Reações adversas: em doses excessivas e uso prolongado: hiperemia ocular, visão turva, pupilas dilatadas, cefaléia, nervosismo, náuseas, aumento da sudorese.

Posologia: instilar 1 a 2 gotas em cada olho de 2 em 2 horas.

Conduta na superdosagem: normalmente, superdosagens não provocam problemas agudos. Para excesso de produto instilado no olho, lavar com água ou soro fisiológico. Se acidentalmente for ingerido, beber bastante líquido para provocar diluição.

Nº. de lote, prazo de validade e data de fabricação: vide cartucho.

Venda sob prescrição médica.

MS-0147.0031

Resp. Téc.: Farm. Paulo José de Lara Dante Junior

CRF-SP nº 13.438

(logotipo) ALLERGAN

Qualidade e Tradição a Serviço da Oftalmologia

ALLERGAN LOK PRODUTOS FARMACÊUTICOS LTDA

Av. Bosque da Saúde, 655/681

São Paulo - SP - CEP 04142-091

C.G.C. 43.426.626/0001-77

Indústria Brasileira