TOPO | CAMPANHA BH 270317
Faça o login ou cadastre-se
×

selo produto
Cód: 048569 MS: 1348900130015

Propilracil 100mg c/ 30 Comprimidos - Biolab

Princípio Ativo

Propoltiouracila

Visualizar Bula do medicamento
Preço válido para compras feitas pela internet. Imagem meramente ilustrativa.
Insira o CRM do Médico:  
Venda sob prescrição médica.
Selecione a Quantidade:
Quantidade
R$ 22,83 R$ 17,58
+ -
Comprar

Bula

PROPILTIOURACIL

Forma Farmacêutica e Apresentações:

Comprimido - embalagem com 30 unidades.

USO PEDIÁTRICO E ADULTO

Composição:

Cada comprimido contém:

Propiltiouracil.........................................................................................100 mg

Excipientes: Amido, carbonato de cálcio, polividona, croscarmelose sódica, estearato de magnésio, laurilsulfato de sódio.

INFORMAÇÕES AO PACIENTE

Propiltiouracil é indicado no tratamento do hipertireoidismo.

Mantenha o produto na embalagem original e ao abrigo do calor, da luz e umidade.

Prazo de validade 24 meses a partir da data de fabricação . Não use medicamento com a validade vencida .

Informe o seu médico a ocorrência de gravidez durante o tratamento. Não deve ser utilizado por período de amamentação. Informe seu médico se está amamentando.

Siga a orientação do seu médico, respeitando sempre os horários, as doses e a duração do tratamento.

Não interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico.

Informe seu médico o aparecimento de reações desagradáveis, como: mal estar , perda de paladar , dores de cabeça ou musculares , sonolência , coceiras na pele .

TODO MEDICAMENTO DEVE SER MANTIDO FORA DO ALCANCE DAS CRIANÇAS.

Propiltiouracil está contra-indicado em pacientes que apresentem hipersensibilidade ao princípio ativo, e no período de amamentação, uma vez que a droga é excretada no leite materno.

Informe seu médico sobre qualquer medicamento que esteja usando, antes do início, ou durante o tratamento.

NÃO TOME REMÉDIO SEM O CONHECIMENTO DO SEU MÉDICO, PODE SER PERIGOSO PARA A SAÚDE.

INFORMAÇÕES TÉCNICAS

Características:

Farmacocinética

Propiltiouracil é rapidamente absorvido pelo trato gastrointestinal com pico de concentração plasmática ocorrendo cerca de 1 a 2 horas após a administração oral.

75 a 80% se liga à proteína plasmática. Propiltiouracil é metabolizado, provavelmente pelo fígado, e excretado na urina (menos de 2 % da dose) da droga e metabólitos ; mais de 50% da dose é excretada como ácido glicurônico conjugado.

O tempo de eliminação pode ser aumentado em casos de insuficiência renal e hepáticas.

Indicações:

Propiltiouracil está indicado no tratamento clínico do hipertireoidismo. Pode também ser usado para melhorar o hipertireoidismo na preparação para a tireoidectomia sub-total ou terapia com iodo radioativo. Indicado também quando a tireoidectomia for contra-indicada ou não recomendável.

Contra-Indicações:

Propiltiouracil está contra-indicado em pacientes que apresentem hipersensibilidade ao princípio ativo, e no período de amamentação, uma vez que a droga é excretada no leite materno.

Precauções e Advertência:

Propiltiouracil, quando usado criteriosamente, é efetivo no hipertiroidismo complicado pela gravidez. Atravessa a barreira placentária, podendo causar bócio e até cretinismo no feto em desenvolvimento; por isso, uma dose suficiente, mas não excessiva, deve ser administrada.

A disfunção tireioidiana tende a diminuir com o decorrer da gestação, podendo-se assim, reduzir a dosagem. Todavia, é importante usar a menor dose possível durante a gravidez e avaliar a função tireoidiana do recém-nascido cuidadosamente. Quando Propiltiouracil for usado na gravidez ou se a paciente engravidar durante o tratamento, deve-se informar sobre os possíveis riscos que a droga poderá causar ao feto. As pacientes em tratamento com Propiltiouracil não devem amamentar seus bebês, uma vez que a droga é excretada pelo leite materno. Os pacientes em tratamento com propiltiouracil devem ser controlados e informados da necessidade de relatarem imediatamente quaisquer ocorrências como: febre, dores de garganta, erupções cutâneas, cefaléias ou mal-estar. Em tais casos uma contagem total e diferencial de leucócitos deve ser realizada para se detectar agranulocitose. Atenção particular deve ser dada àqueles pacientes em uso concomitante de outras substâncias que sabidamente podem causar agranulocitose.

Recomenda-se uma observação freqüente do tempo de protrombina nos pacientes em tratamento com propiltiouracil, especialmente antes da realização de cirurgias, pois esta droga pode causar hipoprotrombinemia e sangramento.

Interações Medicamentosas:

Recomenda-se acompanhamento médico , quanto ao uso concominante de outras substâncias que podem causar agranulocitose .

Reações Adversas/Colaterais

Alterações em Exames Laboratoriais:

As reações adversas ocorrem em menos de 1% dos pacientes tratados. As reações leves incluem: erupções cutâneas, urticária, náuseas, vômitos, artralgias, parestesias, perda do paladar, queda anormal de cabelos, mialgia, cefaléia, prurido, sonolência, neurite, edemas, vertigem, pigmentação da pele, icterícia, sialoadenopatia e linfadenopatia.

As reações adversas mais severas são ainda menos freqüentes e incluem; agranulocitose, uma síndrome semelhante ao lupus, hepatite, periarterite, hipoprotrombinemia, trombocitopenia, sangramento e febre. É interessante notar que aproximadamente 10% dos pacientes com hipertireoidismo não tratados podem apresentar leucopenia.

Posologia:

Adultos: A dose inicial é de 1 comprimido a cada 8 horas perfazendo uma dose diária total de 300 mg (3 comprimidos). Em pacientes com hipertireoidismo severo, grandes bócios, ou ambos, a dose inicial poderá ser 2 comprimidos a cada 8 horas perfazendo uma dose diária de 600 mg (6 comprimidos).

A dose de manutenção, para a maioria dos pacientes, é de 100 a 200 mg por dia, (1 - 2 comprimidos) em doses fracionadas.

Crianças: Para crianças de 6 a 10 anos de idade a dosagem inicial é de 50 a 150 mg por dia, em doses fracionadas. Crianças acima de 10 anos, a dose inicial é de 150 a 300 mg por dia, em doses fracionadas. A dose de manutenção será determinada de acordo com a resposta do paciente.

Superdosagem:

Na eventualidade da ingestão acidental ou administração de doses muito acima das preconizadas, recomenda-se adotar as mediadas habituais de controle das funções vitais.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA

Registro MS - 1.0497.0272.

Farmacêutico Responsável: Dr. Wesley Pires -CRF-SP nº 19587

N.º do lote, data da fabricação e data da validade: vide cartucho

Fabricado e distribuído por:

BIOLAB FARMACÊUTICA LTDA

Rua Estrada de Itapecerica, 23.480

Capão Redondo - São Paulo - SP

CGC 052.780.962/0001-04

Indústria Brasileira

Atendimento ao consumidor - 0800 111559